Ruth Guimarães :: DITRA - Dicionário de tradutores literários no Brasil :: 
Dicionário de tradutores literários no Brasil


Ruth Guimarães

Perfil | Excertos de traduções | Bibliografia

Nascida em Cachoeira Paulista, SP, em 13 de junho de 1920, Ruth Botelho Guimarães é poeta, romancista, contista, cronista, teatróloga e tradutora. Revelou-se poeta aos dez anos de idade quando publicou, em jornais de sua cidade natal, seus primeiros poemas. Aos 18 anos, mudou-se para a capital paulista, onde concluiu o curso de Filosofia pela USP. Anos mais tarde, exercendo a atividade de jornalista, colaborou na imprensa paulista e carioca, mantendo também por vários anos uma seção permanente de literatura nas páginas da Revista do Globo, de Porto Alegre, onde comentava livros, mantinha um concurso de contos, e onde publicou seus primeiros textos literários e traduções.

Estudiosa da cultura popular, a escritora, que também exerceu o magistério como professora do ensino público, escreveu inúmeros livros, entre romances e contos, iniciando-se na atividade literária em 1946, com a publicação de Água funda, seu primeiro romance, muitas vezes reeditado, ao qual se seguiram dezenas de outros. Participou na editoria de dicionários e enciclopédias, e em sua bibliografia incluem-se obras sobre o folclore, lendas e fábulas brasileiras, além de livros sobre medicina popular.

Na década de 50, iniciou-se na tradução, vertendo inicialmente alguns poemas esparsos para a antiga Revista do Globo, onde muitos destes "esboços" estão preservados, como o raro poema "Desolazione di un povero poeta sentimentale" do poeta italiano Sergio Corazzini. Nos anos 60, época em que poucos registros de traduções se evidenciam, em parceria com a Editora Cultrix, publicou algumas traduções, algumas das quais reeditadas nas décadas seguintes.

 Atualmente, Ruth Guimarães integra importantes entidades culturais, entre as quais o Centro de Pesquisas Folclóricas Mário de Andrade e a Sociedade Paulista de Escritores.

Verbete publicado em 18 de October de 2006 por:
Gleiton Lentz
Andréia Guerini

Bibliografia

Traduções Publicadas

Apuleio, Lúcio. O asno de ouro. [Por: Ruth Guimarães]. Rio de Janeiro: Ediouro, 1960. (Asinus aureus)

Balzac, Honoré de. Histórias fascinantes. [Por: Ruth Guimarães]. São Paulo: Cultrix, 1960.

Daudet, Alphonse de. Contos. [Por: Ruth Guimarães; Rolando Roque da Silva]. São Paulo: Cultrix, 1986.

Dostoiévski, Fiodor. Histórias dramáticas. [Por: Ruth Guimarães]. São Paulo: Cultrix, 1960.

Dostoiévski, Fiodor. Os melhores contos de Fiodor Dostoiévski. [Por: Ruth Guimarães]. São Paulo: Círculo do Livro, 1991.

Obra própria

Romances

Guimarães, Ruth. Os filhos do medo. Porto Alegre: Globo, 1950.

Guimarães, Ruth. Mulheres célebres. São Paulo: Cultrix, 1960

Guimarães, Ruth. As mães na lenda e na história. São Paulo: Cultrix, 1960.

Guimarães, Ruth. Vestuário. São Paulo: Columbus, 1970.

Guimarães, Ruth (Org.). Lendas e fábulas do Brasil. São Paulo: Cultrix, 1972.

Guimarães, Ruth. Contos de cidadezinha. Lorena: Centro Cultural Teresa D'Avila, 1996.

Guimarães, Ruth. Água funda. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2003.

Estudos e ensaios

Guimarães, Ruth; Massaud, Moisés et alli. Os romancistas. São Paulo: Cultrix, 1961.

Guimarães, Ruth; Donato, Hernani et alli. Grandes vocações: empreendedores. São Paulo: Donato, s/d.

Guimarães, Ruth et alli. Grandes vocações: cientistas. São Paulo: Donato, s/d

Guimarães, Ruth. Líderes religiosos. São Paulo: Cultrix, 1964. Biografias.

Guimarães, Ruth; Elis Bernardo. O mundo caboclo de Valdomiro Silveira. Rio de Janeiro: J. Olympio/INL, 1974.

Dicionários

Dicionário da mitologia grega. São Paulo: Cultrix, 1999.

Apresentação | Créditos | Contato | Admin

ISBN:   85-88464-07-1

Universidade Federal de Santa Catarina

Centro de Comunicação e Expressão

Apoio:

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Última atualização desta página

©2005-2022 - NUPLITT - Núcleo de Pesquisas em Literatura e Tradução

Site melhor visualizado em janelas com mais de 600px de largura disponível.