Rodrigo Chia :: DITRA - Dicionário de tradutores literários no Brasil :: 
Dicionário de tradutores literários no Brasil


Rodrigo Chia

Perfil | Excertos de traduções | Bibliografia

Filho de chineses, Rodrigo Chia nasceu em 1977, em São Paulo. É graduado em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999). Cursou mestrado (incompleto) em Teoria da Linguagem na Pontíficia Universidade Católica do RJ (2003-2004) e atualmente cursa Direito na Universidade de Brasília. De 1998 a 2005, atuou como jornalista no Jornal do Brasil e no Jornal do Commercio (RJ), nas funções de estagiário, repórter e editor. Ingressou no serviço público em 2006, tendo trabalhado na Fundação Nacional de Arte (Funarte), Ministério das Relações Exteriores, Controladoria-Geral da União e Senado Federal, sempre com ingresso por concurso público.

Começou no mercado editorial ainda durante a faculdade de jornalismo fazendo revisões para a editora Record. Atuou também como copidesque e parecerista para as editoras Record e Nova Fronteira. Iniciou sua carreira de tradutor literário em 2005 com um "trabalho de peso" que resultou nas 658 páginas do livro Coelho Vermelho (Tom Clancy). Desde então realiza traduções esporádicas, sempre do inglês para o português, conciliando a atividade com a vida profissional "formal".

Mantém dois blogues: Dores Capitais, sobre a vida na capital do país (http://dorescapitais.wordpress.com), e Pedaladas Capitais, sobre o uso da bicicleta como meio de transporte cotidiano.

Verbete publicado em 25 de February de 2012 por:
Marie-Hélène Catherine Torres
Gilles Jean Abes

Excertos de traduções

Excerto de O último testamento, de Sam Bourne. Tradução de Rodrigo Chia.

Maggie watched the press conference on television. It would have been fun to be there, but she didn’t want to create another media zoo like the one at the police station. Besides, in the background was where she belonged. For this to work, the words had to come from Yariv and al-Shafi, no one else.

Maggie assistiu à coletiva pela televisão. Teria sido divertido estar lá, mas ela não queria criar outro circo da mídia, como na delegacia. Além do mais, seu lugar era nos bastidores. Para que aquilo funcionasse, as palavras tinham de vir de Yariv e Al-Shafi, de ninguém mais.

She wondered how they would do it. Would Yariv go first, in Hebrew, then al-Shafi in Arabic, followed by an interpreter? Or would they do it the other way around? In the end, they came up with something much, much better.

Ela imaginava como os dois fariam o discurso. Yariv falaria primeiro, em hebraico, e Al-Shafi depois, em árabe, para que, finalmente, um intérprete prosauzisse tudo ao inglês? Ou seria ao contrário? No fim, eles pensaram em algo muito melhor.

Al-Shafi went first and he spoke in English, introducing this as the tablet dictated by Abraham the patriarch and then reading the text:

Al-Shafi começou, em inglês, apresentando a peça como a tábua ditada por Abraão, o patriarca. Em seguida, leu o texto:

I Abraham, son of Terach, in front of the judges have attested thus. The land where I took my son, there to make a sacrifice of him to the Mighty Name, the Mountain of Moriah, this land has become a source of dissension between my two sons.

Eu, Abraão, filho de Tera, diante dos juízes, atestei o seguinte. A terra a que levei meu filho para fazer um sacrifício a Ele, o nome onipotente, o monte Moriá, essa terra tornou-se causa de discórdia entre meus dois filhos.

Then he paused and Yaakov Yariv took over, also in English:

Então ele interrompeu a leitura, e Yaakov Yariv prosseguiu, também em inglês:

Let their names here be recorded as Isaac and Ishmael. So have I thus declared in front of the judges that the Mount shall be bequeathed as follows—

Que fique regisprosao que seus nomes são Isaac e Ismael. Por isso, declarei diante dos juízes que esse monte deve ser partilhado em herança da seguinte maneira...

Then the two men paused, veteran showmen the pair of them, before reading on, in unison, their voices chiming perfectly:

Como oradores experientes, os dois fizeram uma pausa, para logo continuarem juntos, com suas vozes em perfeita harmonia:

That it shall be shared between my two sons and their descendants in a manner of their choosing. But that they be clear that it belongs to neither one of them, but to both, now and forever. That they be entrusted as its guardians and custodians, to protect it on behalf of the Mighty Name, the one Lord who is sovereign over everything and all of us. Sworn with the seal of Abraham, son of Terach, witnessed by his sons, in Hebron, this day.'

Que seja dividido entre meus dois filhos e seus descendentes da forma como escolherem. Porém, que fique claro para ambos que o monte não pertence a nenhum dos dois, mas aos dois juntos, hoje e por toda a eternidade. Que a eles seja confiada sua guarda e sua custódia, para que o protejam em nome do Onipotente, o único senhor que reina soberano sobre tudo e sobre todos. Juramentado com o selo de Abraão, filho de Tera, e testemunhado por seus filhos, em Hebron, na presente data.

 

 

Bourne, Sam. O último testamento. [Por: Rodrigo Chia]. Rio de Janeiro: Record, 2008. (The last testament)

Bibliografia

Traduções Publicadas

Arvin, Reed. O último adeus. [Por: Rodrigo Chia]. Rio de Janeiro: Record, 2008. (The last goodbye).

Arvin, Reed. Sangue de anjos. [Por: Rodrigo Chia]. Rio de Janeiro: Record, 2007. (Blood of angels)

Bourne, Sam. O último testamento. [Por: Rodrigo Chia]. Rio de Janeiro: Record, 2008. (The last testament)

Clancy, Tom. Coelho vermelho. [Por: Rodrigo Chia]. Rio de Janeiro: Record, 2006. (Red Rabbit)

Lelic, Simon. Ruptura. Tradução por Rodrigo Chia. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2011. (Rupture)

Westerfeld, Scott. Feios. [Por: Rodrigo Chia]. Rio de Janeiro: Galera Record, 2010. (Uglies)

Westerfeld, Scott. Perfeitos. [Por: Rodrigo Chia]. Rio de Janeiro: Galera Record, 2010. (Pretties)

Westerfeld, Scott. Tão ontem. [Por: Rodrigo Chia]. Rio de Janeiro: Galera Record, 2007. (So yesterday)

Westerfeld, Scott. Vampiros em Nova York: os primeiros dias. [Por: Rodrigo Chia]. Rio de Janeiro, Galera Record, 2008. (Peeps)

Westerfeld, Scott. Vampiros em Nova York: os últimos dias. [Por: Rodrigo Chia]. Rio de Janeiro, Galera Record, 2009. (The last days)

Apresentação | Créditos | Contato | Admin

ISBN:   85-88464-07-1

Universidade Federal de Santa Catarina

Centro de Comunicação e Expressão

Apoio:

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Última atualização desta página

©2005-2022 - NUPLITT - Núcleo de Pesquisas em Literatura e Tradução

Site melhor visualizado em janelas com mais de 600px de largura disponível.