Nelson Ronny Ascher :: DITRA - Dicionário de tradutores literários no Brasil :: 
Dicionário de tradutores literários no Brasil


Nelson Ronny Ascher

Perfil | Excertos de traduções | Bibliografia

Tradutor, poeta, escritor, jornalista, crítico literário e de cinema, Nelson Ascher nasceu em São Paulo em 1958. Filho de pais húngaros, seu nome se tornou expressivo como um dos grandes difusores da literatura húngara no Brasil, juntamente com Paulo Rónai (1907-1992), Paulo Schiller (1952), Ildikó Sütö (n.d.), Ladislao Szabo (1958). Nelson Ascher trabalhou na redação da Folha de São Paulo entre 1980 e 2008, foi criador e editor da revista USP. Atualmente, escreve sobre política internacional e dedica parte do seu tempo à tradução, em especial à tradução de poesia.

Nelson Ascher colaborou com Boris Schnaiderman (1917) na tradução de A Dama de Espadas de Aleksander Pushkin (1799-1837), que recebeu o prêmio Jabuti de tradução 2000. Organizou com Régis Bonvicino e Michael Palmer a antologia Nothing the Sun coul not explain: 20 Contemporary Brazilian Poets. Coordena, junto à Editora 34, uma coleção de literatura do leste europeu.

Verbete publicado em 12 de June de 2011 por:
Greice Bauer
Ronaldo Lima

Bibliografia

Traduções Publicadas

PUCHKIN, A. A Dama de Espadas. [Por: Nelson Ascher]. São Paulo: Editora 34, 1999. (Pikovaya dama) Literatura para jovens.

CARROLL, L. Alice no País das Maravilhas. [Por: Nelson Ascher]. São Paulo, Editora Colégio Objetivo, 1999. (Alice in Wonderland). Literatura para Jovens.

FERLINGHETTI, L. Vida sem fim. [Por: Nelson Ascher e Paulo Leminski]. São Paulo: Brasiliense, 1984. (Endless life) Poesia.

BRODSKY, J. Quase uma elegia. [Por: Nelson Ascher e Boris Schnaiderman]. Rio de Janeiro: Sette Letras, 1995. (Elegy to John Donne and Other Poems) Poesia.

ASCHER, N. O lado Obscuro. São Paulo: Memorial da América Latina, 1996. Poesias.

ASCHER, N. Poesia alheia. Rio de Janeiro: Imago, 1998. Poesias.

ASCHER, N. Obras Completas Jorge Luis Borges. São Paulo: Globo, 1999. Prosa.

ASCHER, N. Folhetim: poemas traduzidos. São Paulo: Folha de São Paulo, 1987. Poesia.

ASCHER, N. Canção antes da ceifa. São Paulo: Arte Pau-Brasil, 1990. Poesia.

ASCHER, N. Desencontrários: 6 Poetas Brasileiros. Curitiba: Fundação Cultural – AC Avelino Vieira, 1995. Poesia.

Obra própria

 

ASCHER, N. O Sonho da Razão. São Paulo: Editora 34, 1993. Poesia.

ASCHER, N. Algo de Sol. São Paulo: Editora 34, 1996. Poesia.

ASCHER, N. Ponta da Língua. São Paulo: Editora do autor, 1983. Poesia.

ASCHER, N. Pomos da discórdia. São Paulo: Editora 34, 1993. Ensaios.

ASCHER, N. Crítica (Não Só) Literária. São Paulo: Cone Sul, 2000. Ensaios.

ASCHER, N. Parte alguma. São Paulo: Companhia das Letras, 2005. Poesia.

AUTORES DIVERSOS. O Anel da Polícrates e Outras Histórias. Curitiba: Sol, 1998. Contos.

 

Organizador e Editor

 

ARANHA, L. Cocktails Poemas. [Organizador Nelson Ascher e Rui Moreira Leite]. São Paulo: Brasiliense, 1984. Poesia.

ASCHER, N.; BONVICINO, R.; PALMER, M. Nothing the Sun could not explain: 20 Contemporary Brazilian Poets. Los Angeles: Sun & Moon Books, 1997. Antologia.

Apresentação | Créditos | Contato | Admin

ISBN:   85-88464-07-1

Universidade Federal de Santa Catarina

Centro de Comunicação e Expressão

Apoio:

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Última atualização desta página

©2005-2022 - NUPLITT - Núcleo de Pesquisas em Literatura e Tradução

Site melhor visualizado em janelas com mais de 600px de largura disponível.