Heliodora Carneiro de Mendonça :: DITRA - Dicionário de tradutores literários no Brasil :: 
Dicionário de tradutores literários no Brasil


Heliodora Carneiro de Mendonça

Perfil | Excertos de traduções | Bibliografia

Heliodora Carneiro de Mendonça nasceu em 29 de agosto de 1923, no Rio de Janeiro. É professora, pesquisadora, escritora, ensaísta, diretora, crítica de teatro e tradutora, reconhecidamente uma autoridade na obra de William Shakespeare. Registre-se que aos 12 anos ganhou de sua mãe, a poetisa e tradutora Anna Amélia de Queirós Carneiro de Mendonça, o primeiro volume das obras completas de Shakespeare.

Em 1971, enquanto professora, deu continuidade ao trabalho de tradução de sua mãe, preocupando-se em manter as peças traduzidas na forma original de verso e prosa.

Diplomou-se em Letras-Inglês pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1972, revalidando seu diploma de Bachelor of Arts no Connectcut College em New London, Conn., USA, em 1943; doutorou-se em Artes pela Universidade de São Paulo, USP, em 1978. É professora Emérita da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNI-RIO), onde se tornou Professora Titular em História do Teatro até 1985.

Em 1958, Bárbara Heliodora também frequentou o tablado como atriz; mais tarde, dirigiu e escreveu o roteiro de Um Homem Chamado Shakespeare. Mas foi como crítica de teatro que ela se descobriu, iniciando sua carreira com publicações na Tribuna da Imprensa de Carlos Lacerda e mais tarde no Suplemento Dominical do Jornal do Brasil, na Revista Visão e no Jornal O Globo, onde exerce a função até hoje.

Aprendeu inglês na infância, no Colégio Andrews, e, um pouco mais tarde, francês, no Colégio Jacobina. Como a maior parte dos lusófonos, compreende espanhol com relativa facilidade e tem noções de italiano e alemão.

Na faculdade, especializou-se em inglês e aperfeiçoou este idioma ao traduzir peças de Shakespeare ainda bem jovem, ao ensinar História do Teatro por vinte anos e depois ao escrever ensaios sobre teatro, tais como Shakespeare Survey, editado na Inglaterra.

A partir do momento que passou a traduzir, Barbara foi convidada a fazer conferências sobre crítica de teatro das cerca de 40 peças de Shakespeare, como Hamlet. Também traduziu duas peças de Anton Tchekhov, das traduções inglesas, americanas e francesas e uma peça romana, de Sêneca, do inglês.

Reconhecida como uma das maiores especialistas brasileiras na dramaturgia de William Shakespeare, Barbara recebeu como prêmios a comenda de “Chevalier de l’Ordre des Arts et des Lettres, pelo Ministério da Cultura da França, a Medalha Connecticut College e a Medalha João Ribeiro da Academia Brasileira de Letras, em 2007.

Verbete publicado em 3 de May de 2008 por:
Lilia L. C. Agnes
Andréia Guerini

Bibliografia

Traduções Publicadas

Young, Stark. O Teatro. Rio de Janeiro: Letras e Artes, 1963.

Zahar, Esslin. O teatro do Absurdo. Rio de Janeiro: Martin, 1968.

Esslin, Martin. A Anatomia do Drama . Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

Esslin, Martin. Brecht: dos males o menor. Rio de Janeiro: Zahar, 1979.

Lewis, Robert . Método ou Loucura,. Fortaleza: UFC, 1986.

Greer, Germaine. Shakespeare. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1988.

Christie, Agatha. Tragédia em Três Atos. Rio de Janeiro: Record, 1989.

Shakespeare, William. A Comédia dos Erros e O Mercador de Veneza. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990.

Christie, Agatha. Testemunha de Acusação e outras peças. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1990.

Shakespeare, William. Sonho de uma Noite de Verão e Noite de Reis. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1991.

Paris, Jean. Shakespeare. Rio de Janeiro: José Olympio, 1992.

Shakespeare, William. Ricardo III; Henrique IV. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1993.

Shakespeare, William. Medida por Medida. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1995.

Shakespeare, William. Coriolano. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1995.

Shakespeare, William. A Megera Domada. Rio de Janeiro: Lacerda, 1998.

Shakespeare, William. Rei Lear. Rio de Janeiro: Editores, 1998.

Shakespeare, William. A Tempestade. Rio de Janeiro: Lacerda, 1999.

Shakespeare, William. Otelo, O Mouro de Veneza. Rio de Janeiro: Lacerda,1999.

Shakespeare, William. A Comédia dos Erros. Rio de Janeiro: Lacerda, 1999.

Shakespeare, William. O Mercador de Veneza. Rio de Janeiro: Lacerda, 1999.

Tolstoy . Calendário da Sabedoria. Rio de Janeiro: Ediouro, 1999.

Shakespeare, William. Romeu e Julieta. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2000.

Shakespeare, William. Henrique IV. Rio de Janeiro: Lacerda, 2000.

Tcheckov, Anton. O Cerejal. São Paulo: Edusp, 2000.

Tcheckov, Anton. A Gaivota. São Paulo: Edusp, 2000.

Beaumarchais. Bodas de Fígaro. São Paulo: Edusp, 2001.

Shakespeare, William. Julio César. Rio de Janeiro: Lacerda, 2001.

Shakespeare, William. Antônio e Cleópatra. Rio de Janeiro: Lacerda, 2001.

Apresentação | Créditos | Contato | Admin

ISBN:   85-88464-07-1

Universidade Federal de Santa Catarina

Centro de Comunicação e Expressão

Apoio:

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Última atualização desta página

©2005-2022 - NUPLITT - Núcleo de Pesquisas em Literatura e Tradução

Site melhor visualizado em janelas com mais de 600px de largura disponível.