Cecília Camargo Bartalotti :: DITRA - Dicionário de tradutores literários no Brasil :: 
Dicionário de tradutores literários no Brasil


Cecília Camargo Bartalotti

Perfil | Excertos de traduções | Bibliografia

Cecília Camargo Bartalotti (Cecília C. Bartalotti, Cecília Bartalotti) nasceu em São Paulo, onde sempre residiu. Bacharelou-se em Farmácia e Bioquímica em 1980, em Letras Inglês/Português em 1986 e em Grego em 1986, e especializou-se em Tradução em Inglês em 1987/88, sempre na Universidade de São Paulo.

Após a graduação em farmácia trabalhou um ano com análises clínicas, mas em 1985 fez da tradução a sua principal atividade profissional. Traduz do inglês, que, antes do curso de Letras, estudou na Cultura Inglesa até o Cambridge Proficiency.

Traduziu vários romances e um livro de contos, e também numerosos textos de ciências humanas, principalmente de psicologia e filosofia.

Verbete publicado em 21 de February de 2012 por:
Pablo Cardellino
Walter Carlos Costa

Excertos de traduções

Excerto de “O problema final”, de Sir Arthur Conan Doyle. Tradução de Cecília Camargo Bartalotti.

The final problem

O problema final

It is with a heavy heart that I take up my pen to write these the last words in which I shall ever record the singular gifts by which my friend Mr. Sherlock Holmes was distinguished. In an incoherent and, as I deeply feel, an entirely inadequate fashion, I have endeavoured to give some account of my strange experiences in his company from the chance which first brought us together at the period of the "Study in Scarlet," up to the time of his interference in the matter of the "Naval Treaty" —an interference which had the unquestionable effect of preventing a serious international complication. It was my intention to have stopped there, and to have said nothing of that event which has created a void in my life which the lapse of two years has done little to fill. My hand has been forced, however, by the recent letters in which Colonel James Moriarty defends the memory of his brother, and I have no choice but to lay the facts before the public exactly as they occurred. I alone know the absolute truth of the matter, and I am satisfied that the time has come when no good purpose is to be served by its suppression. As far as I know, there have been only three accounts in the public press: that in the Journal de Genève on May 6th, 1891, the Reuter's dispatch in the English papers on May 7th, and finally the recent letters to which I have alluded. Of these the first and second were extremely condensed, while the last is, as I shall now show, an absolute perversion of the facts. It lies with me to tell for the first time what really took place between Professor Moriarty and Mr. Sherlock Holmes.

É com o coração pesado que pego a pena para escrever estas últimas palavras em que registrarei os dons singulares que distinguiam meu amigo Sherlock Holmes. De uma forma incoerente e, como sinto no fundo de mim, inteiramente inadequada, tentei fazer um relato de minhas estranhas experiências em sua companhia desde o acaso que nos uniu pela primeira vez no período do “Estudo em Vermelho” até o momento de sua interferência na questão do “Tratado Naval”, interferência essa que teve o inquestionável efeito de impedir uma séria complicação internacional. Era minha intenção ter parado ali e não ter dito nada sobre o evento que criou um vazio em minha vida, e que o intervalo de dois anos não conseguiu preencher. Minha mão foi forçada, porém, pelas recentes cartas em que o Coronel James Moriarty defende a memória de seu irmão e não tenho escolha senão relatar os fatos diante do público exatamente como eles ocorreram. Só eu sei a absoluta verdade desse caso e estou convencido de que chegou um momento em que seu ocultamento não serviria a nenhum bom propósito. Pelo que sei, houve apenas três menções na imprensa pública: a do “Journal de Genève”, em 6 de maio de 1891, o comunicado da Reuter nos jornais ingleses em 7 de maio e, por fim, as recentes cartas a que me referi. Destes, o primeiro e o segundo foram extremamente condensados, enquanto o último é, como vou mostrar agora, uma absoluta perversão dos fatos. Cabe a mim contar pela primeira vez o que realmente aconteceu entre o Professor Moriarty e o sr. Sherlock Holmes.

(p. 557)

(p. 123)

Doyle, Arthur Conan. “The final problem”. In: The Complete Sherlock Holmes. New York: Barnes & Noble, 2003, pp. 557-570. Introduction and notes by Kyle Freeman.

Doyle, Arthur Conan. “O problema final”. In: As Aventuras de Sherlock Holmes. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 1995, pp. 123-142. (Adventures of Sherlock Holmes). Contos. Indicado como Tradução altamente recomendável pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) na categoria Tradução Jovem em 1996.

Bibliografia

Traduções Publicadas

Aveni, Anthony. Conversando com os Planetas. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Mercuryo, 1994. (Conversing with the planets). Ensaio (Antropologia).

Berns, Roberta. O desenvolvimento da criança. [Por: Cecília C. Bartalotti & Marcos Bagno]. São Paulo: Loyola, 2002. (Topical child development). Divulgação científica, Psicologia.

Branham, R. & Goulet-Cazé, M.-O. (orgs.). Os cínicos: o movimento cínico na antiguidade e seu legado. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 2007. (The Cynics: the Cynic movement in Antiquity and its legacy). Filosofia.

Collins, Jackie. Rock Star. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Best Seller, 1990. (Rock Star). Romance.

Cozzens, Donald B. Silêncio sagrado: negação e crise na igreja. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 2004. (Sacred silence: denial and the crisis in the church). Ensaio.

Dahl, Roald. Matilda. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: WMF Martins Fontes, 1993. (Matilda). Literatura infanto-juvenil.

DeLeon, George. A comunidade terapêutica: teoria, modelo e método. [Por: Cecília C. Bartalotti, Adail Sobral & Maria Stela Gonçalves]. São Paulo: Loyola, 2003. (The therapeutic community: theory, model and method). Modelo para tratamento de viciados em drogas.

Doyle, Arthur Conan. As Aventuras de Sherlock Holmes. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 1995. (Adventures of Sherlock Holmes). Contos. Indicado como Tradução altamente recomendável pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) na categoria Tradução Jovem em 1996.

Eaton, John. Misteriosos mensageiros: Curso de profecia hebraica. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 2000. (Mysterious messengers: course of Hebrew profecy). Ensaio.

Fontana, David. Psicologia para professores. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 1998. (Psychology for teachers). Divulgação científica, Psicologia.

Hoffman, Alice. Risco de Vida. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Best Seller, 1989. (At risk). Romance.

Holmes, Marjorie. O Messias. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Mercuryo, 1994. (The Messiah). Romance.

Isaacs, Susan E. Conversas iradas com Deus. [Por: Cecília C. Bartalotti]. Campinas: Verus, 2011. (Angry Conversations with God). Relato autobiográfico.

James, Williams. A vontade de crer. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 2001. (The will to believe). Ensaio filosófico.

Jennings, Linda (adaptação) & Rowe, Gavin (ilustrações). Contos de Fadas. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 1996. (Fairy Tales). Adaptações de contos de fadas clássicos.

Jensen, Josef. Dimensões éticas dos profetas. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 2009. (Ethical dimensions of the prophets). Ensaio.

Keenan, James. Os dez mandamentos: a rocha da ética cristã. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 2001. (Commandments of Compassion). Ensaio.

Landesman, Charles. Ceticismo, as questões centrais. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 2006. (Skepticism: the central issues). Filosofia.

Lurker, Manfred. Dicionário dos deuses e demônios. [Por: Cecília C. Bartalotti & Marcelo Brandão Cipolla]. São Paulo: Martins Fontes, 1993. (Dictionary of gods and goddesses, devils and demons). Referência.

Macdonald, Ross. Dinheiro Sujo. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Companhia das Letras, 1989. (Black money). Romance policial.

Mitsch, Raymond. Alimente o potencial de seus filhos. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 1995. (Nurturing your child' potential). Divulgação científica, Psicologia.

Moravcsik, Julius. Platão e platonismo. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 2004. (Plato and Platonism). Filosofia.

Overbye, Dennis. Corações solitários do cosmo. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Mercuryo, 1993. (Lonely hearts of the Cosmos). Divulgação científica, Astronomia.

Overman, J. Andrew. O Evangelho de Mateus e o judaísmo formativo: o mundo social da comunidade de Mateus. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 1997. (Matthews gospel and formative Judaism: the social world of the Matthean community). Ensaio.

Polkinghorne, John. Um cientista lê a Bíblia. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 1996. (A scientist explores the Bible). Ensaio.

Rogers, Carl R. Terapia Centrada no Cliente. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Martins Fontes, 1992. (Client-centered therapy).). Referência (Psicologia).

Schreiter, Robert J. A nova catolicidade: a teologia entre o global e o local. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 1997. (The new Catholicity: theology between the global and the local). Ensaio.

Scudamore, James. Heliópolis. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Martins Fontes, 2010. (Heliopolis). Romance.

Stamos, David. A evolução e os grandes temas: sexo, raça, religião e outras questões. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 2011. (Evolution and the big questions: sex, race, religion, and other matters). Ensaio.

Van der Veer, René & Valsiner, Jann. Vygotsky, uma síntese. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 1995. (Understanding Vygotsky). Psicologia.

Voegelin, Eric. Ordem e História, vol. I Israel e a Revelação; vol. 3 Platão e Aristóteles. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 2009. (Order and History. vol. 1 Israel and Revelation; vol. 3 Plato and Aristotle). Filosofia.

Warner, Rex. Homens e deuses: mitos e lendas dos gregos antigos. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Martins Fontes, 2010. (Men and gods: myths and legends of the ancient Greeks). Releitura das histórias clássicas da mitologia grega.

Wilmott, H. P. Primeira Guerra Mundial. [Por: Cecília C. Bartalotti, Myriam Campello & Renato Aguiar]. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009. (First World War). História.

Wood, David. Como as crianças pensam e aprendem: os contextos sociais do desenvolvimento cognitivo. [Por: Cecília C. Bartalotti]. São Paulo: Loyola, 2003. (How children think and learn: the social contexts of cognitive development). Divulgação científica, Psicologia.

Apresentação | Créditos | Contato | Admin

ISBN:   85-88464-07-1

Universidade Federal de Santa Catarina

Centro de Comunicação e Expressão

Apoio:

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Última atualização desta página

©2005-2022 - NUPLITT - Núcleo de Pesquisas em Literatura e Tradução

Site melhor visualizado em janelas com mais de 600px de largura disponível.