Carlos Drummond de Andrade :: DITRA - Dicionário de tradutores literários no Brasil :: 
Dicionário de tradutores literários no Brasil


Carlos Drummond de Andrade

Perfil | Excertos de traduções | Bibliografia

Carlos Drummond de Andrade nasceu em Itabira do Mato Dentro, MG, em 31 de outubro de 1902. Jornalista, cronista, poeta e tradutor, após os estudos primários se transferiu para Belo Horizonte, onde completou o curso superior de Farmácia, na Escola de Odontologia e Farmácia de Belo Horizonte, sem jamais exercer a profissão. Começou a carreira de escritor em 1921 como colaborador do Diário de Minas, e em 1925 fundou, juntamente com outros escritores, A Revista, órgão de difusão do incipiente movimento modernista mineiro. Foi redator em diversos jornais mineiros da época, entre eles o Minas Gerais (1926), A Tribuna (1933), o Estado de Minas e o Diário da Tarde (1934).

Em 1934, na cidade do Rio de Janeiro, ingressou para o serviço público como chefe de gabinete do então Ministro de Educação, e em 1945, passou a trabalhar no Departamento do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (DPHAN), como chefe da Seção de História. Nesse meio tempo e nos anos seguintes, e sobretudo a partir de 1954, colaborou como cronista em jornais como o Correio da Manhã (1954) e o Jornal do Brasil (1969) e revistas e suplementos literários, como Euclides (1941) e A Manhã (1941).

Aclamado como um dos maiores poetas brasileiros contemporâneos e o mais influente da literatura brasileira em seu tempo, publicou seu primeiro livro, Alguma poesia, em 1930, dando início a uma vasta produção poética. Grande parte de sua obra foi traduzida em diversos países europeus e hispano-americanos, para vários jornais, revistas e antologias, em idiomas como o alemão, espanhol, inglês, italiano, latim, sueco e tcheco.

Junto às atividades de jornalista e escritor, Drummond se dedicou também à tradução de textos literários;  talvez figure como um dos mais conhecidos escritores/tradutores de sua época, tendo vertido para o português obras importantes da literatura universal. Começou a traduzir em 1943 com a publicação de sua primeira tradução Uma gota de veneno, de François Mauriac, à qual se somaram traduções de Balzac, Proust, Lorca, Molière, além de poemas esparsos de Yeats, Salinas, Baudelaire, entre outros.

Recebeu, em 1963, o prêmio Fernando Chinaglia da UBE e Luísa Cláudio de Sousa do PEN Clube do Brasil pelo livro Lição de coisas; o Prêmio Nacional Walmap de Literatura (1975) pela obra; recebeu, ainda, em 1980,  os prêmios Estácio de Sá de Jornalismo e Morgado Mateus de Poesia, concedido em Portugal.

Carlos Drummond de Andrade faleceu no Rio de Janeiro, em 17 de agosto de 1987.

Verbete publicado em 9 de July de 2007 por:
Gleiton Lentz
Andréia Guerini

Bibliografia

Traduções Publicadas

Balzac, Honoré de. "Os camponeses". [Por: Carlos Drummond de Andrade]. In. A comédia humana. Porto Alegre: Globo, 1954. (Les Paysans)

Descourtilz, T. Beija-Flores do Brasil. [Por: Carlos Drummond de Andrade]. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional, 1960. (Oiseaux-mouches Orthorynques du Brésil)

Hamsun, Kunt. Fome. [Por: Carlos Drummond de Andrade]. Rio de Janeiro: Delta, 1963. (Sult)

Laclos, Choderlos de. As relações perigosas. [Por: Carlos Drummond de Andrade]. Porto Alegre: Globo, 1947. (Les Liaisons dangereux)

Lorca, Federico García. Dona Rosita, a solteira ou a linguagem das flores. [Por: Carlos Drummond de Andrade]. Rio de Janeiro: Agir, 1959. (Dona Rosita la soltera o el lenguaje de las flores)

Maeterlinck, Maurice. O pássaro azul. [Por: Carlos Drummond de Andrade]. Rio de Janeiro: Delta, 1962. (L'Oiseau bleu)

Mauriac, François. Uma gota de veneno. [Por: Carlos Drummond de Andrade]. Rio de Janeiro: Pongetti, 1943. (Thérèse Desqueyroux)

Molière. Artimanhas de Scapino. [Por: Carlos Drummond de Andrade]. Rio de Janeiro: Serviço de Documentação do MEC, 1962. (Les Fourberies de Scapin)

Proust, Marcel. A fugitiva. [Por: Carlos Drummond de Andrade]. Porto Alegre: Globo, 1956. (Albertine disparue)

 

 

 

 

Obra própria

Poesia

Andrade, Carlos Drummond de. Alguma poesia. Belo Horizonte: Pindorama, 1930.

Andrade, Carlos Drummond de. Brejo das almas. Belo Horizonte: Os Amigos do Livro, 1934.

Andrade, Carlos Drummond de. Sentimento do mundo. Rio de Janeiro: Pongetti, 1940.

Andrade, Carlos Drummond de. Poesias. Rio de Janeiro: José Olympio, 1942.

Andrade, Carlos Drummond de. A rosa do povo. Rio de Janeiro: José Olympio, 1945.

Andrade, Carlos Drummond de. Poesia até agora. Rio de Janeiro: José Olympio, 1948.

Andrade, Carlos Drummond de. A máquina do mundo. Rio de Janeiro: Luís Martins, 1949.

Andrade, Carlos Drummond de. Claro enigma. Rio de Janeiro: José Olympio, 1951.

Andrade, Carlos Drummond de. A mesa. Niterói: Hipocampo, 1951.

Andrade, Carlos Drummond de. Viola de bolso. Rio de Janeiro: Serviço de Documentação do MEC, 1952.

Andrade, Carlos Drummond de. Fazendeiro do ar & Poesia até agora. Rio de Janeiro: José Olympio, 1954.

Andrade, Carlos Drummond de. Viola de bolso. Rio de Janeiro: José Olympio, 1955.

Andrade, Carlos Drummond de. Soneto da buquinagem. Rio de Janeiro: Philobiblion, 1955.

Andrade, Carlos Drummond de. Ciclo. Recife: O Gráfico Amador, 1957.

Andrade, Carlos Drummond de. Poemas. Rio de Janeiro: José Olympio, 1959.

Andrade, Carlos Drummond de. Lição de coisas. Rio de Janeiro: José Olympio, 1964.

Andrade, Carlos Drummond de. Obra completa. Rio de Janeiro: Aguilar, 1964

Andrade, Carlos Drummond de. Versiprosa. Rio de Janeiro: José Olympio, 1967.

Andrade, Carlos Drummond de. José & Outros. Rio de Janeiro: José Olympio, 1967.

Andrade, Carlos Drummond de. Boitempo & A falta que ama. Rio de Janeiro: Sabiá, 1968.

Andrade, Carlos Drummond de. Reunião. Rio de Janeiro: José Olympio, 1969.

Andrade, Carlos Drummond de. D. Quixote. Rio de Janeiro: Diagraphis, 1972.

Andrade, Carlos Drummond de. As impurezas do branco. Rio de Janeiro: José Olympio, 1973.

Andrade, Carlos Drummond de. Menino antigo. Rio de Janeiro: José Olympio, 1973.

Andrade, Carlos Drummond de. Minas e Drummond. Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais, 1973.

Andrade, Carlos Drummond de. Amor, amores. Rio de Janeiro: Alumbramento, 1975.

Andrade, Carlos Drummond de. A visita. São Paulo: edição particular, 1977.

Andrade, Carlos Drummond de. Discurso de primavera e algumas sombras. Rio de Janeiro: José Olympio, 1977.

Andrade, Carlos Drummond de. O marginal Clorindo Gato. Rio de Janeiro: Avenir, 1978.

Andrade, Carlos Drummond de. Nudez. Recife: Escola de Artes, 1979.

Andrade, Carlos Drummond de. Esquecer para lembrar. Rio de Janeiro: José Olympio, 1979.

Andrade, Carlos Drummond de. A paixão medida. Rio de Janeiro: Alumbramento, 1980.

Andrade, Carlos Drummond de. Nova reunião (19 livros de poesias). Rio de Janeiro: José Olympio, 1983

Andrade, Carlos Drummond de. O elefante. Rio de Janeiro: Record, 1983.

Andrade, Carlos Drummond de. Caso do vestido. Rio de Janeiro: Rioarte, 1983.

Andrade, Carlos Drummond de. Corpo. Rio de Janeiro: Record, 1984.

Andrade, Carlos Drummond de. Mata Atlântica. Rio de Janeiro: Chase Banco Lar/AC&M, 1984.

Andrade, Carlos Drummond de. Amor, sinal estranho. Rio de Janeiro: Lithos Edições de Arte, 1985.

Andrade, Carlos Drummond de. Amar se aprende amando. Rio de Janeiro: Record, 1985.

Andrade, Carlos Drummond de. Pantanal. Rio de Janeiro: Chase Banco Lar/AC&M, 1985.

Andrade, Carlos Drummond de. Boitempo I e II. Rio de Janeiro: Record, 1986.

Andrade, Carlos Drummond de. O prazer das imagens. São Paulo: Metal Leve/Hamburg, 1987.

Andrade, Carlos Drummond de. Poesia errante: derrames líricos, e outros nem tanto ou nada. Rio de Janeiro: Record, 1988.

Andrade, Carlos Drummond de. Arte em exposição. Rio de Janeiro: Salamandra/Record, 1990.

Andrade, Carlos Drummond de. O amor natural. Rio de Janeiro: Record, 1992.

Andrade, Carlos Drummond de. A vida passada a limpo. Rio de Janeiro: Record, 1994.

Andrade, Carlos Drummond de. Rio de Janeiro. Liechtenstein: Verlag Kunt und Kultur, 1994.

Andrade, Carlos Drummond de. Farewell. Rio de Janeiro: Record, 1996.

Andrade, Carlos Drummond de. A senha do mundo. Rio de Janeiro: Record, 1996.

Andrade, Carlos Drummond de. A cor de cada um. Rio de Janeiro: Record, 1996.

Crônicas

Andrade, Carlos Drummond de. Fala, amendoeira. Rio de Janeiro: José Olympio, 1957.

Andrade, Carlos Drummond de. A bolsa & A vida. Rio de Janeiro: Editora do Autor, 1962.

Andrade, Carlos Drummond de. Cadeira de balanço. Rio de Janeiro: José Olympio, 1966.

Andrade, Carlos Drummond de. Caminhos de João Brandão. Rio de Janeiro: José Olympio, 1970.

Andrade, Carlos Drummond de. O poder ultrajovem. Rio de Janeiro: José Olympio, 1972.

Andrade, Carlos Drummond de. De notícias & Não notícias faz-se a crônica. Rio de Janeiro: José Olympio, 1974.

Andrade, Carlos Drummond de. Os dias lindos. Rio de Janeiro: José Olympio, 1977.

Andrade, Carlos Drummond de. Crônica das favelas cariocas. Rio de Janeiro: edição particular, 1981.

Andrade, Carlos Drummond de. Boca de luar. Rio de Janeiro: Record, 1984.

Andrade, Carlos Drummond de. Crônicas de 1930/1934. Belo Horizonte: Revista do Arquivo Público Mineiro, 1984.

Andrade, Carlos Drummond de. Moça deitada na grama. Rio de Janeiro: Record, 1987.

Andrade, Carlos Drummond de. Auto-retrato e outras crônicas. Rio de Janeiro: Record, 1989.

Andrade, Carlos Drummond de. O sorvete e outras histórias. São Paulo: Ática, 1993.

Andrade, Carlos Drummond de. Vó caiu na piscina. Rio de Janeiro: Record, 1996.

Andrade, Carlos Drummond de. Quando é dia de futebol. Rio de Janeiro: Record, 2002.

Conto

Andrade, Carlos Drummond de. O gerente. Rio de Janeiro: Horizonte, 1945.

Andrade, Carlos Drummond de. Contos de aprendiz. Rio de Janeiro: José Olympio, 1951.

Andrade, Carlos Drummond de. 70 historinhas. Rio de Janeiro: José Olympio, 1978.

Andrade, Carlos Drummond de. Contos plausíveis. Rio de Janeiro: José Olympio/Editora JB, 1981.

Andrade, Carlos Drummond de. O pipoqueiro da esquina. Rio de Janeiro: Codecri, 1981.

Andrade, Carlos Drummond de. História de dois amores. Rio de Janeiro: Record, 1985.

Andrade, Carlos Drummond de. Criança dagora é fogo. Rio de Janeiro: Record, 1996.

Ensaios

Andrade, Carlos Drummond de. Confissões de Minas. Rio de Janeiro: Americ-Edit., 1944.

Andrade, Carlos Drummond de. Passeios na ilha. Rio de Janeiro: Simões,1952.

Andrade, Carlos Drummond de. Minas Gerais - Antologia. Rio de Janeiro: Editora do Autor, 1967.

Andrade, Carlos Drummond de. A Lição do amigo. Rio de Janeiro: José Olympio, 1982.

Andrade, Carlos Drummond de. Em certa casa da rua Barão de Jaguaribe. Rio de Janeiro: Biblioteca Plínio Doyle, 1984.

Andrade, Carlos Drummond de. O observador no escritório. Rio de Janeiro: Record, 1985.

Andrade, Carlos Drummond de. Tempo, vida, poesia. Rio de Janeiro: Record, 1986.

Andrade, Carlos Drummond de. Saudação a Plínio Doyle. Rio de Janeiro: Biblioteca Plínio Doyle, 1986.

Andrade, Carlos Drummond de. O avesso das coisas. Rio de Janeiro: Record, 1987.

Antologias

Andrade, Carlos Drummond de, et al. "Neste caderno..." In: 10 Histórias de bichos. Rio de Janeiro: Condé, 1947.

Andrade, Carlos Drummond de. 50 poemas escolhidos pelo autor. Rio de Janeiro: Serviço de Documentação do MEC, 1956.

Andrade, Carlos Drummond de. Antologia poética. Rio de Janeiro: Editora do Autor, 1962.

Andrade, Carlos Drummond de, et al. Quadrante. Rio de Janeiro: Editora do Autor, 1962.

Andrade, Carlos Drummond de, et al. Quadrante II. Rio de Janeiro: Editora do Autor, 1963.

Andrade, Carlos Drummond de. Antologia poética (seleção de Massaud Moisés). Lisboa: Portugália, 1965.

Andrade, Carlos Drummond de, et al. Vozes da cidade. Rio de Janeiro: Record, 1965.

Andrade, C. Drummond de; Bandeira, Manuel. Rio de Janeiro em prosa & verso. Rio de Janeiro: J. Olympio, 1965.

Andrade, Carlos Drummond de. Uma pedra no meio do caminho (biografia de um poema). Rio de Janeiro: Editora do Autor, 1967.

Andrade, Carlos Drummond de. Seleta em prosa e verso. Rio de Janeiro: José Olympio, 1971.

Andrade, Carlos Drummond de, et al. Elenco de cronistas modernos. Rio de Janeiro: Sabiá, 1971.

Andrade, Carlos Drummond de, et al. Atas poemas. Rio de Janeiro: Sabadoyle, 1974.

Andrade, Carlos Drummond de, et al. Para gostar de ler. São Paulo: Ática, 1977-80.

Andrade, Carlos Drummond de. Para Ana Cecília. Recife: Edição Particular, 1978.

Andrade, Carlos Drummond de, et al. O melhor da poesia brasileira. Rio de Janeiro: José Olympio, 1979.

Andrade, Carlos Drummond de. Antologia Poética: Rio de Janeiro: Abril Cultural, 1982.

Andrade, Carlos Drummond de, et al. Quatro vozes. Rio de Janeiro: Record, 1984.

Andrade, Carlos Drummond de. 60 anos de poesia. Lisboa: O Jornal, 1985.

Andrade, Carlos Drummond de. Quarenta historinhas e cinco poemas. Florida: University of Florida, 1985.

Andrade, Carlos Drummond de; Bandeira, Manuel. Bandeira - A vida inteira. Rio de Janeiro: Alumbramento/Livroarte, 1986.

Andrade, Carlos Drummond de. Álbum para Maria Julieta. Rio de Janeiro: Alumbramento/Livroarte, 1989.

Andrade, Carlos Drummond de. Obra poética. Portugal: Publicações Europa-América, 1989.

Andrade, Carlos Drummond de. Rua da Bahia. Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais, 1990.

Andrade, Carlos Drummond de, et al. Setecontos, setencantos. São Paulo: FTD, s/d.

Andrade, Carlos Drummond de. As palavras que ninguém diz. Rio de Janeiro: Record, 1997.

Andrade, Carlos Drummond de. Histórias para o Rei. Rio de Janeiro: Record, 1997.

Andrade, Carlos Drummond de. A palavra mágica. Rio de Janeiro: Record, 1997.

Andrade, Carlos Drummond de. Os amáveis assaltantes. Rio de Janeiro: Agora Comunicação Integrada, 1998.

Obra traduzida

Livros e antologias

Espanhol

Poemas. [Por: Rafael Santos Torroella]. Madrid: Rialp, 1951.

 Dos poemas [Por: Manuel Grana Etcheverry]. Buenos Aires:  Botella al Mar, 1953.

Poetas del siglo veinte: Carlos Drummond de Andrade. [Por: Ramiro de Casasbellas]. Buenos Aires:  Poesia, 1957.

Poesía de Carlos Drummond de Andrade. [Por: Armando Uribe Arce, Thiago de Mello e Fernando de Alencar). Santiago del Chile: Cadernos Brasileiros: Série Poesia, 1963.

Seis Poetas Contemporáneos del Brasil. [Por: Manuel Grana Etcheverry]. La Paz: Embajada del Brasil, 1966.

 Mundo, vasto mundo. [Por: Manuel Grana Etcheverry]. Buenos Aires: Losada, 1967.

Poemas. Havana: Casa de las Americas, 1970.

La bolsa y la vida. [Por: Maria Rosa Oliver]. Buenos Aires: Ediciones de la Flor, 1973.

Poemas. [Por: Leonidas Cevallos]. Lima: Centro de Estudios Brasilenos, 1976.

Amar-amargo y otros poemas. [Por: Estela dos Santos]. Buenos Aires: Calicanto, 1978.

El poder ultrajovem. [Por: Estela dos Santos]. Buenos Aires: Sudamericana, 1978.

Dos cuentos y dos poemas binacionales. Santiago del Chile: Instituto Chileno-Brasileño de Cultura de Concepción, 1981.

Poemas. [Por: Francisco Cervantes]. México: Premià, 1982.

Don Quijote. [Por: Edmund Font]. México: Secretaría de Educación Pública, 1985.

Antología poética. [Por: Cláudio Murilo]. Madrid: Instituto de Cooperación Ibero-americana/Ediciones Cultura Hispánica, 1986.

Poemas. [Por: Renato Sandoval]. Lima: Embajada del Brasil, 1989.

Itabira: Antología. [Por: Pablo del Barco]. Madrid: Visor,1990.

Historia de dos poemas. [Por: Gloria Elena Bernal]. México: SEP, 1992.

Carlos Drummond de Andrade. México: Fondo Nacional para Actividades Sociales, s/d.

Francês

Réunion. [Por: Jean-Michel Massa]. Paris: Aubier-Montaigne, 1973.

Fleur, téléphone et jeune fille... [Por: Mario Carelli et alli]. Paris: L'Alphée, 1980.

Drummond: une esquisse. Rio de Janeiro: Alumbramento/Livroarte, 1981.

Conversation extraordinaire avec une dame de ma connaissance et autres nouvelles [Por: Mario Carelli et al.]. Paris: A. M. Métailié, 1985.

Mon éléphant. [Por: Vivete Desbans]. Paris: Éditions ILM, 1987.

Poésie. [Por: Didier Lamaison]. Paris: Gallimard, 1990.

Italiano

Sentimento del Mondo. [Por: Antonio Tabucchi]. Torino: Giulio Einaudi, 1987.

Un Chiaro Enigma. [Por: Fernanda Toriello]. Bari: Stampa Puglia, 1990.

La Visita. [Por: Luciana Stegagno Picchio]. Milano: Libri Scheiwiller, 1996.

Racconti Plausibili. [Por: Alessandra Ravatti]. Roma: Fahrenheit, 1996.

L’Armore Naturale. [Por: Fernanda Toriello]. Bari: Adriatica, 1997.

Inglês

In the middle of the road. [Por: de John Nist]. Tucson: University of Arizona Press, 1965.

Souvenir of the ancient world. [Por: Mark Strand]. New York: Antaeu, 1976.

Poems. [Por: Virgínia de Araújo]. Palo Alto: WPA, 1977.

The minus sign. [Por: Virgínia de Araújo]. Redding Ridge: Black Scvan Books, 1980.

The minus sign. [Por: Virgínia de Araújo]. Manchester: Carcanet New Press, 1981.

Travelling in the family. [Por: Elizabeth Bishop & Gregory Rabassa]. Nova York/Toronto: Random House/Random House of Canada, 1986.

Alemão

Poesie. [Por: Curt Meyer-Clason]. Frankfurt: Suhrkamp Verlag, 1965.

Gedichte. [Por: Curt Meyer-Clason]. Frankfurt: Suhrkamp Verlag, 1982.

Sueco

Natten och rosen. [Por: Arne Lundgren]. Estocolmo: Norstedt & Söners, 1966.

En ros at folket. [Por: Arne Lundgren]. Estocolmo: P.A. Norstedt & Söners, 1980.

Fran oxens tid. [Por: Arne Lundgren]. Estocolmo: P.A. Norstedt & Söners, 1985.

Tvarsnitt. [Por: Arne Lundgren]. Estocolmo: Nordan, 1987.

Ljuset Spranger Natten. [Por: Arne Lundgren]. Lysekil: F. Forlag, 1990.

Holandês

Gedichten. [Por: August Willensem]. Amsterdam: Uitgeverij de Arbeiderspers,1980.

20 gedichten van Carlos Drummond de Andrade. [Por: August Willensen]. Amsterdam: Riksakademie van beeldende Kunsten, 1983.

De liefde, natuurlijk: gedichten. [Por: August Willemsen]. Amsterdam: Uitgeverij de Arbeiderspers, 1992.

Farewell. [Por: August Willemsen]. Amsterdam: Uitgeverij de Arbeiderspers, 1996.

Dinamarquês

Verdensfornemmelse og Andre Digte. [Por: Peter Poulsen]. Copenhague: Borgens Forlag, 2000.

Norueguês

Tankar om Ordet Menneske. [Por: Alf Saltveit]. Oslo: Solum, 1992.

Búlgaro

lybctbo ba cbeta. [Por: Alexandre Muratov & Atanas Daltchev]. Sófia: Narodna Cultura, 1977.

Chinês

Antologia da poesia brasileira. [Por: Zhao Deming]. Pequim: Embaixada do Brasil, 1994.

Tcheco

Fyzika strachu. [Por: Vladimir Mikes]. Praga: Odeon, 1967.

Latim

Carmina drummondiana. [Por: Silva Bélkior]. Rio de Janeiro: Salamandra, 1982.

Braile

Boca de luar. São Paulo: Fundação para o Livro do Cego no Brasil, 1985.

Corpo. São Paulo: Fundação para o Livro do Cego no Brasil, 1990.

Sentimento do mundo. São Paulo: Fundação Dorina Nowill para Cegos, 2000.

Apresentação | Créditos | Contato | Admin

ISBN:   85-88464-07-1

Universidade Federal de Santa Catarina

Centro de Comunicação e Expressão

Apoio:

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Última atualização desta página

©2005-2022 - NUPLITT - Núcleo de Pesquisas em Literatura e Tradução

Site melhor visualizado em janelas com mais de 600px de largura disponível.